Corpo de Yanny Brena tinha marcas de violência; causa dos óbitos foi asfixia.

Laudo da Polícia Civil e da Perícia Forense do Estado do Ceará mostrou, nesta quarta-feira (22), que a presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, Yanny Brena (PL), foi morta por seu namorado, Rickson Pinto, que depois se suicidou.

A linha de investigação inicial das autoridades do estado já apontava que Yanny Brena teria sido vítima de feminicídio. O laudo cadavérico revelou que a causa dos óbitos foi asfixia.

O corpo de Yanny Brena tinha marcas de violência. A empregada doméstica que trabalhava para o casal foi a primeira pessoa a encontrar os corpos.

Os dois estavam de mãos dadas. Yanny Brena teria terminado o namoro Rickson poucos dias antes de o casal ser encontrado morto.

Yanny Brena Alencar Araújo era médica e foi a primeira mulher a presidir a Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, no primeiro mandato como vereadora. Ela era irmã do deputado federal Yury do Paredão (PL).

Já Rickson Pinto era de Natal, e eles namoravam desde 2020. O jovem tinha uma filha de um relacionamento anterior e já havia sido preso por porte ilegal de arma de fogo. Ele também participava de vaquejadas e postava registros dos eventos nas redes sociais.

Fonte: CNN Brasil.

21 Visualizações totais
1 Visualizações hoje