Um caso que chocou a população de Barra do Corda volta a ganhar mais um capítulo.

Nesta quarta-feira, 15 de junho, um dos suspeitos, André Lima Oliveira que, segundo a polícia teria participação no crime e que estava foragido, se apresentou na delegacia acompanhado de seu advogado, Dr. Carlos Moraes.

Relembre o caso:

Felipe Laureano foi assassinado na madrugada de segunda-feira, 2 de agosto de 2021, por volta das 02h30, quando se aproximava da sua residência localizada na avenida Lulu Rodrigues, no bairro Altamira. Ele era natural de Bacabal, mas estava residindo em Barra do Corda havia dois anos.

De acordo com informações da época, no momento em que foi assassinado por homens em uma motocicleta, o jovem empresário estava em companhia de um amigo. A vítima foi executada com, pelo menos, 10 tiros de pistola 9mm.

Felipe era proprietário da empresa Kreative-Marketing Digital, Publicidade e Assessoria.

Dia 17 de agosto os suspeitos foram identificados como André Lima Oliveira, Amanda Lima Oliveira e Valmiro Pereira de Oliveira. Há época eles tiveram mandados de prisão temporária expedidos pela Comarca de Barra do Corda.

Sobre a apresentação de seu cliente, o Advogado Dr. Carlos emitiu uma nota:

“Quero comunicar que no caso do ANDRÉ eu foi quem apresentei o ANDRÉ pois a própria Polícia já chegou à conclusão que foi outro grupo o responsável pela morte do FELIPE LAUREANO e não o André e sua família.

 A polícia de Barra do Corda já fez um relatório onde as pessoas acusam os verdadeiros mandantes e executores. Eu só entreguei o André porque já temos prova que não foi ele e nem ninguém de sua família. É bom que fique tudo esclarecido pois uma injustiça muito grande foi cometida contra a família de Valmiro e seus filhos”.

Barra do Corda, em 15 de junho de 2022.

Dr. Carlos Morais

Advogado

84 Visualizações totais
1 Visualizações hoje