Correntes de ar chegaram a 50 km/h no local e podem ter batido 85 km/h em pontos isolados da região metropolitana de São Paulo.

Um temporal causou estragos no Serramar Shopping, na cidade de Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, na quinta-feira (24). Um vídeo (veja abaixo) gravado por frequentadores mostra parte da estrutura do edifício se desprendendo e assustando quem estava no local.

A tempestade provocou rajadas de vento que chegaram a 50 km/h na região. Segundo o nota enviada pelo shopping à CNN, “apesar do impacto, não houve feridos e nem prejuízo ao funcionamento” do estabelecimento. O Serramar seguiu aberto até 22h, que é o horário normal de encerramento das atividades no local.

Além do shopping, a Defesa Civil de Caraguatatuba registrou quedas de árvores e estragos em imóveis provocados pelas chuvas e ventos fortes em outras partes da cidade. Também não houve vítimas nesses locais.

Segundo informou o órgão, uma igreja foi destelhada e um muro desmoronou na cidade. A Defesa Civil do município afirmou estar vistoriando os locais para definir se haverá alguma interdição e pediu que os moradores acionem o telefone 199 em caso de emergência.

Estragos no resto do estado
Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da Defesa Civil do Estado estimou que as rajadas de vento chegaram a 85 km/h em pontos isolados da região metropolitana de São Paulo.

De acordo com meteorologistas do órgão, a tempestade foi provocada por um sistema que somou o calor com a umidade proveniente do oceano. Há ainda uma frente fria prevista para chegar ao estado no fim de semana.

Além dos estragos em Caraguatatuba, a Defesa Civil também contabilizou quedas de árvores em cidades como Barueri, Limeira e Guarujá, além da capital e da região metropolitana. Em Itapevi, duas residências e uma escola foram destelhadas por conta das rajadas de vento.

Até o momento, não há registro de feridos no estado.

1 Visualizações totais
1 Visualizações hoje