Ricardo Merini, de 37 anos, está desaparecido desde o último sábado (21); celular dele foi localizado em uma comunidade.

A Polícia Civil de São Paulo investiga o desaparecimento de um ator desde o último sábado (21). O caso foi registrado na 5ª Delegacia de Investigações sobre Pessoas Desaparecidas do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que tenta localizar o ator e modelo Ricardo Cesar Merini, de 37 anos. A família de Ricardo Merini utilizou as redes sociais para solicitar a colaboração da comunidade na busca pelo seu paradeiro. Ele foi visto pela última vez nas proximidades do bairro da Bela Vista, na capital paulista.

A assessoria do ator confirmou que ele teria saído na noite de sábado, por volta das 23h30, para encontrar um amigo, mas não apareceu.

“Ele saiu a pé, a cerca de 20 minutos da casa dele, para encontrar esse amigo, mas não chegou lá. Desde então, não temos nenhuma informação”, contou a assessora.

Ela ainda informou que o celular de Merini foi localizado dentro de uma comunidade. “Já acionamos a polícia e uma equipe de investigadores, mas ainda não temos informações sobre se o celular realmente está com ele ou se foi roubado”, concluiu.

Carreira
No cinema, Ricardo Merini participou de projetos notáveis, incluindo curtas-metragens como “Noite na Traversa” (2015), dirigido por Yghor Boy, “Asco” (2015), dirigido por Hélio Ranieri, e a animação “O Coração do Príncipe” (2014), dirigiu por Caya Ryu, onde emprestou sua voz para o príncipe Kurt.

No teatro, ele atuou na peça “Terror e Miséria no Terceiro Reich” em 2012, sob a direção de Nando Nitsch. Ele também fez parte do elenco da websérie “Halls Sensação que Inspira” (2014).

As autoridades continuam investigando o caso e apelam ao público por qualquer informação que ajude na localização de Ricardo Merini.

1 Visualizações totais
1 Visualizações hoje