Atacante foi socorrido pelo SAMU, mas não resistiu aos ferimentos; a Polícia Civil investiga o caso. O atacante Felipe Diogo Bernardes Ferreira, de 21 anos, São Bernardo Futebol Clube, foi morto a tiros na noite de terça (31), em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. O jogador passava férias em sua cidade natal. Não há informações sobre a motivação do crime.

Segundo a Polícia Militar de São Paulo, o caso aconteceu por volta das 19h, na rua Tabatinga, no Jardim Jandaia. A vítima foi socorrida pelo SAMU e levada à UPA Norte, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. O caso foi registrado como homicídio e foi encaminhado ao Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil de Ribeirão Preto para seguir com a investigação do caso.

Homenagens
Felipe Diogo nasceu em Ribeirão Preto e começou a carreira nas categorias de base do Botafogo-SP. Em 2022, foi contratado pelo São Bernardo, onde disputou o Campeonato Paulista e a Série C do Campeonato Brasileiro.

O São Bernardo Futebol Clube usou o Instagram para prestar homenagens após a morte do jogador que integrou o time.

O time da comunidade em que o jogador morava, Vila Virgínia, também homenageou pelas redes sociais o “Favela de Vila Virgínia”, como era conhecido na região.

“Sua partida deixa um vazio nos corações de todos que o conheceram e admiraram seu talento no campo”, disse o time na postagem. “Neste momento de tristeza, nossos pensamentos estão com a família de Favela, seus amigos mais próximos e seus inúmeros fãs”, completou.

1 Visualizações totais
1 Visualizações hoje