No estado, a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) adotam o sistema como porta de entrada dos estudantes para as universidades públicas. Inscrições começam em 22 de janeiro.

Em 2024, mais de 7 mil vagas em cursos do ensino superior serão ofertadas no Maranhão em instituições de ensino superior que adotam o Sistema de Seleção Unificado (Sisu) como porta de entrada dos estudantes para as universidades públicas. No estado, a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) usam o sistema.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Pela primeira vez, o Sisu terá ingresso único, ou seja, para ingressar no 1º ou 2º semestre das universidades, o candidato deverá realizar apenas uma única inscrição. Os candidatos poderão usar as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 para concorrer as vagas.

As inscrições poderão ser realizadas 22 a 25 de janeiro, por meio do site do seletivo. As oportunidades, por curso, podem ser acessadas por meio do site https://sisu.mec.gov.br/#/vagas.

LEIA MAIS: Sisu 2024, único do ano, abrirá inscrições em 22 de janeiro
Vagas no Maranhão

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) vai ofertar 5.884 vagas, para o 1º ou 2º semestre de 2024, distribuídas em 92 cursos de graduação presenciais. As vagas são para os campi da instituição localizados nas cidades de Bacabal, Balsas, Chapadinha, Codó, Grajaú, Imperatriz, Pinheiro, São Bernardo e São Luís.

Das vagas, 3.089 vagas serão reservadas para estudantes pretos, pardos, indígenas e quilombolas e, pessoas com deficiência. De acordo com a UFMA, 2.795 vagas serão disponibilizadas para a modalidade ampla concorrência.

Neste ano, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) vai ofertar 2.050 vagas em cursos do ensino superior. Os candidatos poderão escolher as vagas nos campi localizados em Açailândia, Alcântara, Bacabal, Barra do Corda, Caxias, Codó, Coelho Neto, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Santa Inês, São João dos Patos, São José de Ribamar, São Luís, São Raimundo das Mangabeiras, Timon e Zé Doca.

De acordo com o IFMA, além da mudança com a Lei de Cotas e os novos critérios, a instituição reserva 53 vagas para candidatos com deficiência – independente da escola de origem, cor ou renda familiar.

Mudanças nas cotas
Neste ano, entrou em vigor uma mudança feita pelo Governo Federal no sistema de cotas para universidades públicas. As cotas vão continuar, entretanto, com algumas modificações. São elas:

Todos os candidatos concorrerão, primeiramente, às vagas de ampla concorrência.
Caso não alcancem as notas nesta modalidade e façam parte de algum dos grupos de cotas (os critérios são de raça e de renda), aí, sim, entrarão na disputa pelo benefício.
Com isso, se uma pessoa autodeclarada preta, por exemplo, tirar uma nota mais alta que a exigida na ampla concorrência, será aprovada na “lista geral” e não tirará a vaga de um cotista com desempenho mais baixo.
Cronograma
As inscrições para o Sisu serão realizadas entre os dias 22 a 25 de janeiro. Segundo o Inep, o resultado dos aprovados da 1ª chamada será divulgado em 30 de janeiro e, as matrículas, acontecem entre 1º a 7 de fevereiro.

Os candidatos que não foram aprovados na primeira chamada, poderão colocar seus nomes na lista de espera, entre os dias 30 de janeiro a 7 de fevereiro.

O IFMA deve publicar o resultado da lista de espera a partir de 15 de fevereiro e o edital a partir do dia 16 de fevereiro. a UFMA ainda não divulgou quando será divulgado a lista. Veja, abaixo, o cronograma completo:

Inscrições: de 22 a 25 de janeiro de 2024
Resultados da 1ª chamada: 30 de janeiro de 2024
Matrículas: 1º a 7 de fevereiro de 2024
Participação na lista de espera: manifestar interesse entre 30 de janeiro e 7 de fevereiro de 2024
Resultado das listas de espera: datas serão definidas por cada universidade
Atenção: mesmo os candidatos que forem aprovados para o 2º semestre deverão seguir o calendário acima, ou seja, fazer a matrícula em fevereiro.

Fonte: G1.

4 Visualizações totais
1 Visualizações hoje