Aeronave decolou com três pessoas a bordo por volta das 12h da quarta-feira (16) da base Bona, na Aldeia Maritepu, no Pará, com destino a Macapá.

Os três tripulantes de um helicóptero que desapareceu na última quarta-feira (16) após sair polo base Bona, na Aldeia Maritepu, na Amazônia, foram encontrados com vida na manhã deste sábado (19). As informações foram confirmadas pelo subcoordenador do Grupo Tático Aéreo (GTA), Pinon.

De acordo com informações do capitão Muller Bryan, subcomandante do GTA , as equipes estão focadas na retirada dos três tripulantes da área. “Temos uma aeronave do Graesp no apoio, com o pessoal nosso que conhecia a área, então a gente foi em alguns pontos que poderiam ter pousado e ao passar em cima lá eles comunicaram via rádio, conseguiram atrás do rádio da aeronave” , informou.

No helicóptero estavam o comandante da aeronave, tenente coronel, Josilei Gonçalves de Freitas junto com José Francisco Vieira, engenheiro da Funai e Gabriel Assis Serra, que é mecânico.

O desaparecimento do helicóptero da empresa Sagres na Floresta Amazônica chegou ao terceiro dia nesta sexta-feira (18). A aeronave contratada pelo Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Amapá e Norte do Pará decolou por volta das 12h de quarta-feira (16) da base Bona, na Aldeia Maritepu, localizada no Parque Indígena Tumucumaque, no Pará, com destino a Macapá. Três pessoas estavam a bordo.

9 Visualizações totais
1 Visualizações hoje