Outras 37 pessoas ficaram feridas em bombardeio, na cidade de Chernihiv, no norte do país. Teatro de praça central também foi atingido, segundo governo.

Um bombardeio russo na praça central da cidade de Chernihiv, no norte da Ucrânia, deixou sete pessoas mortas neste sábado (19), segundo o governo ucraniano.

As vítimas, de acordo com o Ministério da Defesa da Ucrânia, caminhavam para uma igreja, onde celebrariam um feriado religioso no país. Além da praça, uma universidade e um teatro também foram atingidos.

“Um míssil russo atingiu bem no centro da cidade, em nosso Chernihiv. Uma praça, a universidade politécnica, um teatro”, postou no Telegram o presidente Volodymyr Zelensky, que estava em visita de trabalho à Suécia.
Ainda segundo o Ministério da Defesa, outras 37 pessoas ficaram feridas, 11 delas crianças.

O Kremlin ainda não havia se pronunciado sobre a acusação até a última atualização desta notícia. No lugar disso, o governo da Rússia acusou a Ucrânia de lançar dezenas de drones sobre território russo e diz que os equipamentos foram interceptados e destruídos.

Chernihiv, no norte da Ucrânia, está fora das áreas de combate direto da guerra. Mas, segundo o governo ucraniano e serviços de inteligência do Ocidente, a Rússia tem atacado cidades longe da linha de frente como parte de sua estratégia para desestabilizar o país vizinho.

2 Visualizações totais
1 Visualizações hoje