Ação direcionada aos povos Guajajara e Kanela, já realizou mais de 150 atendimentos.

Ao longo desta semana, de 20 a 24 de março, o Poder Judiciário do Maranhão realiza mutirão de registro civil e reconhecimento de paternidade direcionado aos povos indígenas Guajajara e Kanela, dos territórios Canabrava e Roteador no município de Barra do Corda.

O mutirão é resultado de uma parceria efetivada pela Corregedoria Geral da Justiça (CGJ/MA), Comitê de Diversidade do Tribunal de Justiça (TJMA), Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI), Defensoria Pública Estadual (DPE/MA), Cartório do 2º Ofício Extrajudicial, e Município de Barra de Corda.

O objetivo da ação é levar aos indígenas que vivem perto das áreas urbanas, documentos essenciais para o exercício da cidadania, além de buscar a erradicação do subregistro civil de nascimento dos povos originários.

Fonte: Blog do Leonilson Mota.

8 Visualizações totais
1 Visualizações hoje