Vítima foi levada de um kibutz em 7 de outubro.

As Forças de Defesa de Israel confirmaram na terça-feira (28) a morte do refém Ravid Katz, que foi levado para Gaza durante o ataque do Hamas, em 7 de outubro.

É a terceira morte de refém que o exército de Israel confirma desde o começo da guerra. Noa Marciano e Yehudit Weiss também foram encontradas mortas, em Gaza, perto do hospital Al-Shifa.
Israel afirma que o corpo de Katz está em poder do Hamas. Não está claro se ele morreu em Gaza ou se foi morto em Israel e o seu corpo foi levado para Gaza.

Katz foi sequestrado do Kibutz Nir Oz. Ele é irmão de Doron Katz Asher, um refém que foi libertado na sexta-feira (24).

Até agora, 69 reféns foram libertados pelo Hamas e 150 palestinos foram soltos de prisões israelenses. Israel acredita que há 173 pessoas ainda sob domínio do grupo radical.

1 Visualizações totais
1 Visualizações hoje