Outros 29% dizem que a administração do petista é regular; margem de erro é de 2,2 pontos percentuais

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é avaliado como positivo por 36% dos entrevistados, conforme a pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira (19).

Outros 29% dizem que a administração do petista é regular; 29% consideram negativa. Não sabe ou não respondeu são 6%.

Na primeira avaliação do governo, em fevereiro, 41% achavam positivo; 23% regular; e 20% negativo. Não sabe ou não respondeu eram 6%.

Foram ouvidas 2.015 pessoas, pessoalmente ,entre os dias 13 e 16 de abril. A margem de erro é de 2.2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Região

A maior avaliação positiva é na região Nordeste, com 53%. A menor, é na região Sul, com 27%. No Sudeste são 30%. No Centro-Oeste e Norte, são 33%.

Em fevereiro, no Nordeste eram 62%; no Sul, 34%; no Sudeste, 34%; e no Centro-Oeste/Norte, 32%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Nordeste: 26% – Sudeste: 30% – Sul: 34% – Centro-Oeste/Norte: 22%
  • Negativo: Nordeste: 18% – Sudeste: 30% – Sul: 33% – Centro-Oeste/Norte: 37%
  • Não sabe ou não respondeu: Nordeste: 3%  Sudeste: 10%  Sul: 6%  Centro-Oeste/Norte: 7%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Nordeste: 22% – Sudeste: 23% – Sul: 24% – Centro-Oeste/Norte: 28%
  • Negativo: Nordeste: 10% – Sudeste: 24% – Sul: 23% – Centro-Oeste/Norte: 23%
  • Não sabe ou não respondeu: Nordeste: 7%  Sudeste: 20%  Sul: 20%  Centro-Oeste/Norte: 18%

Sexo

Para o público feminino, o governo Lula é avaliado como positivo por 38%. Para o masculino, são 33%.

Em fevereiro, 44% das mulheres avaliavam como positivo. Entre os homens, eram 37%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Feminino: 27% – Masculino: 30%
  • Negativo: Feminino: 27% – Masculino: 30%
  • Não sabe ou não respondeu: Feminino: 8% – Masculino: 7%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Feminino: 22% – Masculino: 25%
  • Negativo: Feminino: 18% – Masculino: 22%
  • Não sabe ou não respondeu: Feminino: 16% – Masculino: 16%

Idade

A terceira administração do petista é positiva para 31% das pessoas entre 16 e 34 anos. Para quem tem entre 35 e 59 anos, o número é de 38%. Já para 60 anos ou mais, fica em 39%.

Na primeira amostragem, em fevereiro, a distribuição ficava da seguinte forma: entre 16 e 34 anos: 38%; entre 35 e 59 anos: 42%; 60 anos ou mais: 41%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: 16 a 34 anos: 33% – 35 a 59 anos: 27% – 60 anos ou mais: 23%
  • Negativo: 16 a 34 anos: 29% – 35 a 59 anos: 28% – 60 anos ou mais: 30%
  • Não sabe ou não respondeu: 16 a 34 anos: 6% – 35 a 59 anos: 7% – 60 anos ou mais: 8%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: 16 a 34 anos: 30% – 35 a 59 anos: 20% – 60 anos ou mais: 20%
  • Negativo: 16 a 34 anos: 17% – 35 a 59 anos: 23% – 60 anos ou mais: 18%
  • Não sabe ou não respondeu: 16 a 34 anos: 14% – 35 a 59 anos: 15% – 60 anos ou mais: 21%

Escolaridade

Para quem estudou até o ensino fundamental, o governo é positivo entre 46% dos entrevistados. Com ensino médio completo ou incompleto, são 31%. Ensino superior incompleto ou mais, 27%.

Antes, em fevereiro, eram: até o ensino fundamental: 49%; ensino médio completo ou incompleto: 34%; e ensino superior incompleto ou mais: 39%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Até o ensino fundamental: 26% Ensino médio completo ou incompleto: 32% Ensino superior incompleto ou mais: 28%
  • Negativo: Até o ensino fundamental: 20% Ensino médio completo ou incompleto: 31% Ensino superior incompleto ou mais: 39%
  • Não sabe ou não respondeu: Até o ensino fundamental: 8% Ensino médio completo ou incompleto: 7% Ensino superior incompleto ou mais: 6%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Até o ensino fundamental: 20% Ensino médio completo ou incompleto: 27% Ensino superior incompleto ou mais: 23%
  • Negativo: Até o ensino fundamental: 13% Ensino médio completo ou incompleto: 23% Ensino superior incompleto ou mais: 24%
  • Não sabe ou não respondeu: Até o ensino fundamental: 18% Ensino médio completo ou incompleto: 15% Ensino superior incompleto ou mais: 14%

Renda familiar

Nas famílias que recebem até dois salários mínimos, a avaliação positiva é de 43%; mais de dois a cinco salários mínimos: 33%; e acima de cinco salários mínimos: 28%.

Em fevereiro o cenário era: até dois salários mínimos, 47%; mais de dois a cinco salários mínimos: 38%; e acima de cinco salários mínimos: 35%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Até dois salários mínimos: 27% Mais de dois a cinco salários mínimos: 31%  Acima de cinco salários mínimos: 26%
  • Negativo: Até dois salários mínimos: 23% Mais de dois a cinco salários mínimos: 28%  Acima de cinco salários mínimos: 38%
  • Não sabe ou não respondeu: Até dois salários mínimos: 7% Mais de dois a cinco salários mínimos: 7%  Acima de cinco salários mínimos: 8%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Até dois salários mínimos: 24% Mais de dois a cinco salários mínimos: 22%  Acima de cinco salários mínimos: 26%
  • Negativo: Até dois salários mínimos: 15% Mais de dois a cinco salários mínimos: 22%  Acima de cinco salários mínimos: 24%
  • Não sabe ou não respondeu: Até dois salários mínimos: 15% Mais de dois a cinco salários mínimos: 18%  Acima de cinco salários mínimos: 15%

Cor e raça

Entre os que se denominam pardos, o governo petista é positivo para 40%. Para os brancos, 28%. Já entre os pretos, 43%. Para outras cores e raças são 35%.

No cenário de fevereiro era: pardos: 43%; brancos: 37%; pretos: 45%; outras: 39%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Pardos: 27% – Brancos: 29% – Pretos: 32% – Outros: 31%
  • Negativo: Pardos: 26% – Brancos: 35% – Pretos: 19% – Outros: 22%
  • Não sabe ou não respondeu: Pardos: 7% – Brancos: 7% – Pretos: 7% – Outros: 12%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Pardos: 26% – Brancos: 20% – Pretos: 26% – Outros: 29%
  • Negativo: Pardos: 16% – Brancos: 25% – Pretos: 14% – Outros: 21%
  • Não sabe ou não respondeu: Pardos: 14% – Brancos: 18% – Pretos: 15% – Outros: 11%

Religião

Para os católicos, a administração é positiva para 39%; entre os evangélicos, 27%; e para outras ou que não tem religião, 41%.

Há dois meses o índice era: católicos: 47%; evangélicos: 27%; outras ou que não tem religião: 43%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Católicos: 28% – Evangélicos: 27% – Outras/Não tem: 30%
  • Negativo: Católicos: 25% – Evangélicos: 39% – Outras/Não tem: 20%
  • Não sabe ou não respondeu: Católicos: 7% – Evangélicos: 6% – Outras/Não tem: 9%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Católicos: 23% – Evangélicos: 24% – Outras/Não tem: 24%
  • Negativo: Católicos: 16% – Evangélicos: 30% – Outras/Não tem: 16%
  • Não sabe ou não respondeu: Católicos: 14% – Evangélicos: 18% – Outras/Não tem: 18%

Voto no 2º turno nas eleições de 2022

Entre os eleitores de Lula no 2º turno das eleições de 2022, 68% aprovam o governo. Dos eleitores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), 7% veem como positivo o governo petista. Quem anulou, votou em branco ou não foi, são 29%.

Outros cenários abril/2023:

  • Regular: Voto em Lula: 24% – Voto em Bolsonaro: 28% – Branco/Nulo/Não foi votar: 36%
  • Negativo: Voto em Lula: 2% – Voto em Bolsonaro: 60% – Branco/Nulo/Não foi votar: 22%
  • Não sabe ou não respondeu: Voto em Lula: 5% – Voto em Bolsonaro: 5% – Branco/Nulo/Não foi votar: 13%

Outros cenários fevereiro/2023:

  • Regular: Voto em Lula: 21% – Voto em Bolsonaro: 23% – Branco/Nulo/Não foi votar: 32%
  • Negativo: Voto em Lula: 1% – Voto em Bolsonaro: 51% – Branco/Nulo/Não foi votar: 18%
  • Não sabe ou não respondeu: Voto em Lula: 9% – Voto em Bolsonaro: 20% – Branco/Nulo/Não foi votar: 28%

Metodologia

Foram ouvidas 2.015 pessoas pessoalmente por meio de questionário estruturados entre os dias 13 e 16 de abril.

A margem de erro é de 2.2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança da pesquisa é 95%.

Para a amostragem, no primeiro estágio foram sorteados 120 municípios, por meio do método de probabilidade proporcional ao tamanho, com base na população maior de 16 anos.

No segundo estágio, foram sorteados setores censitários a partir do tamanho da população por setor.

No terceiro estágio, foi definido o número fixo de habitantes a ser entrevistado em cada setor, conforme as cotas de região, sexo, faixa etária, graude de instrução, renda familiar e população economicamente ativa.

Fonte: CNN Brasil.

3 Visualizações totais
1 Visualizações hoje